Consórcio



Press Releases

06/05/2019

Matéria de maio de 2019 - Dados de março de 2019

NEGÓCIOS COM CONSÓRCIOS AVANÇAM 25% E ATINGEM R$ 27,6 BILHÕES. ADESÕES TÊM ALTA SUPERIOR A 13% NO PRIMEIRO TRIMESTRE
Setores apresentam crescimentos em relação ao ano passado

No primeiro trimestre do ano, o Sistema de Consórcios fechou com alta de 24,6% nos negócios em razão do aumento de 13,3% nas vendas de novas cotas sobre o mesmo período de 2018. Enquanto o total acumulado de janeiro a março do ano passado foi de R$ 22,14 bilhões, nos três meses deste atingiu R$ 27,6 bilhões. Paralelamente, as adesões saltaram de 577 mil (jan-mar/2018) para 653,5 mil (jan-mar/2019).
 

Os principais destaques no trimestre foram os crescimentos percentuais dos setores de serviços e de veículos pesados que apontaram 52,9% e 51,4%, respectivamente. Houve também evoluções significativas nos demais setores.

Em retrospectiva, os dados mostram que as vendas de novas cotas nos três primeiros meses do ano foram o volume recorde, quando comparado com os de anos anteriores, a partir de 2015.
 

O tíquete médio de março foi de R$ 44,4 mil, 15,3% acima dos R$ 38,5 mil anotados naquele mês de 2018. No mês, a média diária de vendas foi de 12 mil, 23,7% sobre as 9,7 mil do mesmo mês no ano passado.

Com 62 dias úteis decorridos em 2019, o mesmo total de 2018, a média diária das adesões atingiu 10,5 mil, 8,2% mais que as 9,7 mil contabilizadas no ano passado.
   

No período compreendido entre março de 2018 e o deste ano, com os seguidos avanços ocorridos mês após mês, o total de participantes ativos atingiu 7,203 milhões no final do primeiro trimestre de 2019, 3,7% superior aos 6,947 milhões iniciais. 


As contemplações acumuladas no primeiro trimestre atingiram 303 mil, ligeiramente acima das 301,7 mil anteriores (jan-mar/2018). Ao mostrarem estabilidade, os volumes registraram consolidação dos negócios em função do lançamento de novos grupos nos últimos anos. 


Os créditos concedidos aos contemplados, que podem ter sido potencialmente injetado nos diversos setores da cadeia produtiva onde o mecanismo está presente, anotaram pequena alta de 1,1% nos três primeiros meses do ano: enquanto de janeiro a março de 2018 a soma chegou a R$ 10,25 bilhões, nos mesmos meses deste ano alcançou R$ 10,36 bilhões, comprovando a importância do mecanismo no desenvolvimento econômico.

Para Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, "o grande avanço das adesões demonstra o crescimento do interesse do consumidor pela modalidade, evidenciando consciência sobre as suas finanças pessoais e considerando a responsabilidade no cumprimento dos compromissos financeiros. Paralelamente, a estabilidade apresentada com viés de alta no primeiro trimestre no Sistema de Consórcios no acumulado de contemplados reafirmou a importante presença do mecanismo na cadeia produtiva, já demonstrada durante 2018".

Tais volumes, obtidos no Sistema, puderam ser observados, por exemplo, no setor de motos, onde os créditos injetados pelas contemplações resultaram potencialmente em uma a cada duas unidades vendidas no mercado interno. Ainda na indústria automobilística, os veículos leves [automóveis, utilitários e camionetas] tiveram potencial presença em quase um a cada três autos comercializados no país. 

"O Sistema de Consórcios, um dos itens importantes da Educação Financeira, está cada vez mais atual. O diferencial da modalidade é o planejamento, base para qualquer futura aquisição de bens ou contratação de serviços, bem como na simplicidade de contratação, no custo adequado e nos prazos", afirma Rossi.


RESUMO GERAL E SETORIAL DAS VENDAS DE NOVAS COTAS
JANEIRO-MARÇO DE 2019 X 2018

Os indicadores setoriais e global das vendas de novas cotas de janeiro a março apontaram avanços nas adesões do consumidor ao consórcio, tanto para bens imóveis ou móveis duráveis como para serviços.

As performances setoriais assinalaram 301,5 mil de novas cotas vendidas de veículos leves, 247 mil de motocicletas, 65,5 mil de imóveis, 16,5 mil de veículos pesados, 15,6 mil de serviços e 7,4 mil de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis, acumulando 653,5 mil adesões.

Estes volumes propiciaram crescimento nos seis setores: serviços (52,9%), veículos pesados (51,4%), imóveis (18%), veículos leves (13,2%), eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis (11,3%) e motocicletas (8,6%). Com as altas indicadas em veículos leves, veículos pesados e motos, o segmento de automotores registrou avanço de 11,9%.


RESUMO DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS

NÚMEROS DO SISTEMA DE CONSÓRCIOS
ESTIMATIVAS SEGUNDO A ASSESSORIA ECONÔMICA DA ABAC 

PRIMEIRO TRIMESTRE DO ANO SINALIZA INTENSO CRESCIMENTO NAS ADESÕES E NOS NEGÓCIOS

Nos três primeiros meses do ano, os negócios com consórcios somaram pouco mais de R$ 27,6 bilhões, registrando alta de 24,6% sobre os R$ 22,14 bilhões do mesmo período de 2018. 

As vendas de novas cotas atingiram 653,5 mil, 13,3% mais que as 577 mil verificadas há um ano. Nesse volume, observou-se que os setores de Veículos Leves e Motocicletas contribuíram com quase 90% do total com 548,5 mil cotas somadas.
   

As contemplações no trimestre chegaram a 303 mil, estável em relação às 301,7 mil anteriores, enquanto os correspondentes créditos concedidos contabilizaram 1,1% de alta.
 

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS
  (CONSORCIADOS EM GRUPOS EM ANDAMENTO)
  - 7,203 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 6,947 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 3,7%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
   - 653,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
   - 577,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018) 
   CRESCIMENTO: 13,3%

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS
 - R$ 27,60 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
 - R$ 22,14 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
 CRESCIMENTO: 24,6%

- TÍQUETE MÉDIO MENSAL (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 44.4 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 38,5 MIL (MARÇO/2018)
CRESCIMENTO: 15,3%

- CONTEMPLAÇÕES
   (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
-  R$ 303,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
-  R$ 301,7 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)   
ESTÁVEL

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS
 - R$ 10,36 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
 - R$ 10,25 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
 CRESCIMENTO: 1,1%

PATRIMÔNIO LÍQUIDO AJUSTADO E ATIVOS DOS CONSÓRCIOS  

ATIVOS ADMINISTRADOS*
- R$ 213 BILHÕES (JUNHO/2018)
- R$ 190 BILHÕES (JUNHO/2017)
CRESCIMENTO: 12,1%

PATRIMÔNIO LÍQUIDO AJUSTADO*
- R$ 13,12 BILHÕES (JUNHO/2018)
- R$ 10,48 BILHÕES (JUNHO/2017)
CRESCIMENTO: 25,2%

NEGÓCIOS REALIZADOS GERAM EMPREGOS
E ARRECADAÇÃO DE TRIBUTOS
 
TRIBUTOS E CONTRIBUIÇÕES PAGOS*
 - R$ 1,41 BILHÃO (JANEIRO-JUNHO/2018)
 - R$ 1,34 BILHÃO (JANEIRO-JUNHO/2017)
 CRESCIMENTO: 5,2%

EMPREGOS GERADOS DIRETOS E INDIRETOS
   - MAIS DE 250 MIL**

Fontes: 
*  Banco Central do Brasil  
** ABAC

O SISTEMA DE CONSÓRCIOS DIVIDIDO POR SETORES 

VEÍCULOS AUTOMOTORES EM GERAL 
CRESCIMENTO DOS NEGÓCIOS EM MAIS DE 24% RETRATA A FORÇA DO CONSÓRCIO

Os bons resultados nas vendas de novas cotas no setor de automotores em seus três setores - Veículos Leves, Veículos Pesados e Motocicletas - proporcionaram aumento de 11,9% nos três primeiros meses do ano e 24,1% nos correspondentes créditos comercializados.

Paralelamente, as contemplações apresentaram pequena retração (1%), com estabilidade nos créditos concedidos aos consorciados, potencialmente injetados no setor automobilístico, em R$ 8,40 bilhões.

O total de participantes ativos chegou aos 6,17 milhões, com avanço de 2,7%.
   

Nos indicadores de janeiro a março, a soma dos créditos concedidos pelo consórcio na adição de valores disponibilizados por financiamento, leasing e consórcio de veículos automotores atingiu 19,8% do total de R$ 42,36 bilhões, com R$ 8,40 bilhões.

Ao verificarmos os dados divulgados pelo Banco Central, depois de avaliados pela assessoria econômica da ABAC, observamos uma retração de 2,8 pontos na comparação com o percentual atingido naquele mesmo período de 2018.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS) 
  - 6,17 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 6,01 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 2,7% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
   - 565,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
   - 504,7 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
   CRESCIMENTO: 11,9% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
   - R$ 18,05 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
   - R$ 14,55 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
   CRESCIMENTO: 24,1% 
 
- CONTEMPLAÇÕES
   (CONSORCIADOS QUE TIVERAM POSSIBILIDADE DE COMPRAR BENS)
   - 274,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
   - 276,8 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
   RETRAÇÃO: 1% 
 
- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
   - R$ 8,40 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
   - R$ 8,39 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
   ESTÁVEL

- PARTICIPAÇÃO DOS CONSÓRCIOS EM CRÉDITOS CONCEDIDOS
  (PERCENTUAL DO TOTAL INCLUINDO FINANCIAMENTO*, LEASING* E CONSÓRCIO**)
  - 19,8% (JANEIRO-MARÇO/2019) - R$ 8,40 BILHÕES SOBRE R$ 42,36 BILHÕES
  - 22,6% (JANEIRO-MARÇO/2018) - R$ 8,39 BILHÕES SOBRE R$ 37,01 BILHÕES

Fontes: 
  *) Banco Central do Brasil  
**) ABAC

VEÍCULOS LEVES (AUTOMÓVEIS, CAMIONETAS, UTILITÁRIOS) 
NEGÓCIOS AUMENTARAM 11% E ADESÕES CRESCERAM 5,9%

Em janeiro, as vendas de novas cotas apontaram aumento de 5,9% com os negócios avançando 11%, em relação ao mesmo mês do ano passado. 

O tíquete médio anotou mais 4,4% sobre o valor anterior. Os demais indicadores setoriais [participantes ativos e contemplações] também indicaram crescimentos. Somente os créditos concedidos mantiveram-se estáveis.
   

No primeiro mês do ano, a potencial participação das contemplações nas vendas do mercado interno foi de 29%. Este percentual correspondeu a quase um veículo leve a cada três vendidos internamente por meio da modalidade.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 3,662 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 3,560 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 2,9% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 301,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 266,3 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 13,2% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 13,26 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 11,03 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 20,2% 

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 44,6 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 42,2 MIL (MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 5,7%

- CONTEMPLAÇÕES*
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 143 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 144 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  ESTÁVEL 
* EM RAZÃO DE PARCERIA ENTRE ABAC E B3, ESTE INDICADOR PODERÁ SER DESDOBRADO POR REGIÕES E POR ALGUNS ESTADOS, BASEADO NAS UTILIZAÇÕES DOS CRÉDITOS NO PERÍODO MENCIONADO. 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 5,83 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 5,87 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  ESTÁVEL 

MOTOCICLETAS E MOTONETAS
NEGÓCIOS CRESCERAM MAIS DE 15% E ADESÕES SUPERARAM OS 8% NO TRIMESTRE

O setor de motocicletas e motonetas encerrou o trimestre registrando boa performance nas vendas de novas cotas. Houve também expressivo aumento no acumulado de negócios de janeiro a março deste ano sobre o mesmo período do 2018, com alta de 15,4%.

Paralelamente, os indicadores de contemplações e créditos concedidos mostraram redução, enquanto os de participantes ativos e tíquete médio de março anotaram crescimento.
   

Nos três meses, a potencial participação das contemplações nas vendas do mercado interno de motocicletas e motos foi de 45,1%, percentual equivalente a quase uma moto a cada duas comercializadas por meio da modalidade.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 2,19 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 2,16 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 1,4%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 247,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 227,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 8,6% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 2,18 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 1,89 BILHÃO   (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 15,4%

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 8,9 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 8,4 MIL (MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 6%

- CONTEMPLAÇÕES*
   (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 122,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 124,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  RETRAÇÃO: 2%
* EM RAZÃO DE PARCERIA ENTRE ABAC E B3, ESTE INDICADOR PODERÁ SER DESDOBRADO POR REGIÕES E POR ALGUNS ESTADOS, BASEADO NAS UTILIZAÇÕES DOS CRÉDITOS NO PERÍODO MENCIONADO. 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - 1,31 BILHÃO (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 1,33 BILHÃO (JANEIRO-MARÇO/2018)
  RETRAÇÃO: 1,5%

VEÍCULOS PESADOS 
(CAMINHÕES, ÔNIBUS, SEMIRREBOQUES, TRATORES, IMPLEMENTOS)
FORAM 60% DE ALTA NOS NEGÓCIOS E 50% NAS VENDAS DE NOVAS COTAS 

O setor de veículos pesados cravou pouco acima de 50% de alta nas adesões e mais de 60% nos créditos comercializados no primeiro trimestre do ano sobre o mesmo período de 2018.

Ao incluir caminhões, ônibus, tratores, implementos agrícolas e rodoviários, o setor assinalou aumento nos demais indicadores: participantes, contemplações e créditos concedidos, no período.
  

O tíquete médio de março apresentou avanço de 5% sobre aquele mês do ano passado.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 315 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 289 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 9% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 16,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 10,9 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 51,4% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 2,62 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 1,63 BILHÃO   (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 60,7% 

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 160,5 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 152,8 MIL (MARÇO/2018)
   CRESCIMENTO: 5% 

- CONTEMPLAÇÕES
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 8,95 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 8,30 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 7,8%  

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 1,27 BILHÃO (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 1,17 BILHÃO (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 8,5% 

IMÓVEIS
NEGÓCIOS CRESCEM MAIS DE 11% E ADESÕES AUMENTAM MAIS DE 5%

O total de consorciados ativos atingiu 905 mil em março, 6,5% maior que os 850 mil do mesmo mês do ano passado. 
Com 5,8% de aumento, o tíquete médio mensal contribuiu significativamente para o avanço de 25,4% dos créditos comercializados no acumulado do período. As adesões também cresceram: 18%.

Tanto nas contemplações como nos créditos concedidos, houve consorciados contemplados que optaram pela formação de patrimônio, enquanto outros o ampliaram. Houve também quem preferiu adquirir imóveis para locação com o objetivo de obter rendimentos extras e melhorar sua renda mensal antes ou durante a aposentadoria.
   

No primeiro trimestre do ano, os consorciados-trabalhadores, participantes dos grupos de consórcios de imóveis, utilizaram parcial ou totalmente seus saldos nas contas do FGTS, somando pouco mais de R$ 42,35 milhões.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 905 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 850 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 6,5% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 65,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 55,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 18% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 9,39 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 7,49 BILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
   CRESCIMENTO: 25,4% 

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 145,4 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 137,4 MIL (MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 5,8%

- CONTEMPLAÇÕES
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  - 18,95 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 18,35 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 3,3% 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 1,90 BILHÃO (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 1,84 BILHÃO (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 3,3% 

FGTS NO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS
NO PRIMEIRO TRIMESTRE, CONSORCIADOS-TRABALHADORES UTILIZARAM POUCO MAIS DE R$ 42,35 MILHÕES DE SUAS CONTAS DO FGTS NO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS

O uso parcial ou integral dos saldos das contas do FGTS totalizou pouco acima de R$ 42,35 milhões, feito por 924 trabalhadores-participantes do consórcio de imóveis.


SERVIÇOS
FLEXIBILIDADE E DIVERSIDADE SÃO RAZÕES DE CRESCIMENTO

As adesões de janeiro a março totalizaram 52,9% mais que as dos mesmos meses do ano passado. Os créditos comercializados cresceram 62,8% com o tíquete médio indicando 5,3% de aumento.

Os acumulados de contemplações e dos correspondentes créditos concedidos superaram os 65% de alta sobre 2018.
  

O consórcio de serviços, com 54,1% de avanço no total de consorciados ativos no trimestre, tem reafirmado sua importância junto aos consumidores, pessoas físicas ou jurídicas, especialmente por sua flexibilidade e diversidade de utilizações por ocasião das contemplações.
 
- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 85,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 55,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 54,1% 

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 15,6 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 10,2 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 52,9% 

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 122,12 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$   74,99 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 62,8% 

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 7,9 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 7,5 MIL (MARÇO/2018)
   CRESCIMENTO: 5,3% 

- CONTEMPLAÇÕES
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE CONTRATAR SERVIÇOS)
  - 6,95 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 4,20 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 65,5% 

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 38,61 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 23,38 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 65,1%

ELETROELETRÔNICOS E OUTROS BENS MÓVEIS DURÁVEIS
INDICADORES APONTAM ALTAS NAS ADESÕES E NOS NEGÓCIOS

O setor de eletroeletrônicos e outros bens móveis duráveis anotou alta de 11,3% nas vendas de novas cotas no acumulado de janeiro a março sobre o realizado no mesmo período de 2018. Os correspondentes créditos comercializados alcançaram 17,8% de crescimento.

Os indicadores de participantes ativos, contemplações e créditos concedidos também mostraram evolução na relação do primeiro trimestre de 2019 versus o de 2018. 
   

O tíquete médio de março registrou avanço de 5,9%, proporcionando ampliação dos negócios realizados no setor.

- PARTICIPANTES ATIVOS CONSOLIDADOS (CONSORCIADOS)
  - 45,0 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 32,5 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 38,5%

- VENDAS DE NOVAS COTAS (NOVOS CONSORCIADOS)
  - 7,40 MIL (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - 6,65 MIL (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 11,3%

- VOLUME DE CRÉDITOS COMERCIALIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 39,34 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 33,40 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 17,8%

- TÍQUETE MÉDIO DO MÊS (VALOR MÉDIO DA COTA NO MÊS)
  - R$ 5,4 MIL (MARÇO/2019)
  - R$ 5,1 MIL (MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 5,9% 

- CONTEMPLAÇÕES
  (CONSORCIADOS QUE TIVERAM A OPORTUNIDADE DE COMPRAR BENS)
  -  3.150 (JANEIRO-MARÇO/2019)
  -  2.350 (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 34%

- VOLUME DE CRÉDITOS DISPONIBILIZADOS (ACUMULADO NO PERÍODO)
  - R$ 15,35 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2019)
  - R$ 12,57 MILHÕES (JANEIRO-MARÇO/2018)
  CRESCIMENTO: 22,1%

..................................................................................................................................................

PROGRAMA DE CERTIFICAÇÃO ABAC - PCA 10
A Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios está lançando o Programa de Certificação ABAC, 
destinado aos profissionais de vendas e representantes de administradoras de consórcios, sejam associadas ou não à entidade de classe. Trata-se da primeira certificação exclusiva do Sistema de Consórcios, o PCA10.

CONHEÇA A CARTILHA "NA CORDA BAMBA" SOBRE EDUCAÇÃO FINANCEIRA

 
OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE O SISTEMA DE CONSÓRCIOS PODEM SER ENCONTRADAS NO SITE www.abac.org.br
VOLTADO AO CONSUMIDOR, O PORTAL CONTA COM UMA ESTRUTURA SIMPLES E INTUITIVA PARA INCENTIVAR O LEITOR A NAVEGAR E CONHECER MAIS SOBRE OS CONSÓRCIOS.

JORNALISTA, CADASTRE-SE NA SALA DE IMPRENSA DO NOSSO SITE - http://abac.org.br/imprensa/cadastro-de-jornalistas

ACOMPANHE TAMBÉM OS CONSÓRCIOS PELO TWITTER - www.twitter.com/abacweb.

                           
Mais informações:
Jornais, Emissoras de Televisão,                                                 
Revistas, Sites e Emissoras de Rádio
Claudio Licciardi
Celular: (11) 9.8258-0444

Assessoria Abac

Rua Avanhandava, 126 - 5º andar

São Paulo - SP - CEP 01306-901

Tel.:(11) 3155-5252